quinta-feira, 30 de abril de 2009

A mensagem linguística


Este anúncio da marca italiana Panzani serviu de base para a análise de Roland Barthes entitulado A retórica da imagem (livro O óbvio e o obtuso). Barthes sinaliza três mensagens reveladas no anúncio: a mensagem linguística, mensagem icônica codificada e não-codificada. Interessa-me sobremaneira a mensagem linguística contida neste anúncio:
1. a disposição dos produtos que dão a idéia de uma elaboração caseira, diária, hábito que traduz a cultura francesa (público-alvo do anúncio;
2. as cores sinalizam a italianidade da marca, um olhar estrangeiro sobre a cultura do outro, em que pimentões tricolores e tomates frescos remetem às cores da Italia.
3. da horta para a mesa, da a idéia de todo o trajeto do alimento
4. e a quarta mensagem, diz respeito a estética, em que anúncio remete a uma pintu-ra, uma natureza-morta

O mais interessante nesta análise é a consciência de que toda imagem traz consigo uma mensagem linguística, e que mesmo quando pensamos não comunicar, comunicamos.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL REAFIRMA INTERTEXTUALIDADE NA MODA


A cadeia espanhola Mango lançam 6 camisetas femininas com frases do escritor Paulo Coelho. As mensagens são de estímullo para espanhóis - e outras 67 nações incluindo o Brasil - assolados pela crise econômica mundial.

Displays na Espanha afirmam: "em um momento em que o mundo passa por uma transformacao nada é mais importante que recordar valores básicos da vida: a solidariedade, o amor, os sonhos e a coragem".

A camiseta mais procurada - e já esgotada na loja do aeroporto internacional de Madri - diz: "o amor nos dá força para realizar tarefas impossíveis", custa € 15 (cerca de R$45) e vêm embaladas em uma caixa que imita um livro.

O autor cedeu as frases e em troca, 60% da venda da coleçãoo (40 mil itens) serão destinados ao Instituto Paulo Coelho, entidade mantida com os direitos autorais do escritor que ajuda mais de 400 criancas dos morros Cantagalo e Pavao-Pavaozinho no Rio. Paulo Coelho AFIRMOU que não podendo mudar o Brasil, optou por começar a mudar sua rua em Ipanema, que termina justamente na entrada da favela. Emais, que começou ajudando 80 crianças e que pretende chegar a 800.

No Brasil a t-shirt mais procurada traz a mensagem: "nunca desista de seus sonhos; siga os sinais".

Segue as mensagens:
- THE GREAT BLESSING OF LIFE IS HAVING DREAMS TO REALIZE
- THE CHALLENGE WILL NOT WAIT. LIFE DOES NOT LOOK BACK
- WE ARE ALL MASTERS OF OWN DESTINES
- THE PATH OF WINSDOM IS NOT BEING AFRAID TO MAKE MISTAKES
- NEVER GIVE UP ON YOUR DREAMS, FOLLOW THE SIGNS
- LOVE GIVE US THE STRENGHT TO PERFORM IMPOSSIBLE TASKS

terça-feira, 28 de abril de 2009

domingo, 26 de abril de 2009

DISCURSO DA REPARAÇÃO




Olá, assino o ensaio do caderno de cultura do Diário do Nordeste deste domingo. Trabalho a intertextualidade de Fagin de Will Eisner com Oliver Twist de Charles Dickens, objeto de pesquisa da minha dissertação de mestrado.
Boa Leitura, Bom Domingo!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Moda e Publicidade perdem Otto Stupakoff



Otto Stupakoff é o nosso primeiro fotógrafo de moda e um dos dez nomes mais importantes da fotografia de moda mundial nos anos 70, segundo “Vogue Book of Fashion Photography”. A editora Cosac & Naify lançou uma antologia sobre Otto Stupakoff, organizada por Rubens Fernandes Junior, com entrevistas de Alvaro Machado, Augusto Massi e Rubens Fernandes Junior. A antologia reúne fotografias de moda, imagens que ele produziu ao longo de mais de 50 anos. O livro inclui textos do próprio Otto, do organizador Rubens Fernandes Junior, além de depoimentos de Paulo Borges, Bob Wolfenson e Fernando Laszlo, Hélio Hara e Mario Cohen.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Campanha de responsabilidade social


Seguindo a linha de compromisso ambiental.
postado por: Lia Shara

Gisele Bundchen plantando sementes


Gisele lança em Madri a coleção de sandálias Ipanema e reafirma para 200 jornalistas seu compromisso ambiental. A frente do projeto "Florestas do Futuro" que se propõe a proteger e preservar a qualidade de água através da recuperação de áreas desflorestadas da Mata Atlântica,a modelo reforçou: "o que acontece no mundo é problema de todos". Além da bela imagem de modelo, de seu profissionalismo e versatilidade, Gisele paulatinamente constrói para si a imagem de uma cidadã comprometida com o meio ambiente e preocupada com os destinos do nosso planeta. E você? Que imagem está buscando construir para si mesmo?

sexta-feira, 17 de abril de 2009

A mais bela face da nova austeridade


A edição de maio da Vanity Fair tem Gisele Bundchen na capa e Angelina Jolie eleita a mais bela do mundo, fotografada por Patrick Demarchelier.

Angelina concentra em si as múltiplas faces do feminino contemporâneo. Mostra que é possível ser sexy sem ser vulgar, é bela e bem-sucedida, mas não se poupa em emprestar sua imagem e dólares para refugiados e órfãos. Eleita pela revista Time como uma das mulheres mais influentes do mundo, Angelina encarna a nova austeridade, porque vai na contramão dos excessos, da ostentação.

Quanto a Gisele Bundchen, a modelo começa a direcionar sua imagem para questões mais complexas, a trazer para si questões antes consideradas públicas. Seu comportamento também reafirma a nova austeridade, mas seu papel é pequeno diante da atuação de Angelina no mundo. Como diz a Time, a senhora Pitt, "é gente que transforma o mundo com seu poder, talento e exemplo moral."

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL

Os seguidores deste blog vão indicar peças publicitárias. A primeira participação é de Lia.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Da internet para a mídia impressa


A publicitária Cristiana Guerra subverteu a ordem natural das mídias. Primeiro alguém faz sucesso, depois seu estilo é acompanhado por fãs. Primeiro alguém lança um livro, depois alguns textos são divulgados na Internet.

Seu livro Para Francisco, no entanto, foi publicado a partir do sucesso do seu blog Para Francisco. E seu outro blog - Hoje vou assim - faz tanto sucesso que Cristiana tornou-se garota propaganda da marca Luiza Barcelos.

O sucesso de Cristiana reforça a premissa de que a beleza das coisas segue a uma ordem muito particular e que a publicidade é feita de oportunidades como vem fazendo Cristiana, a editora ARX e a marca Luiza Barcelos.

terça-feira, 7 de abril de 2009

A celebridade Adriane Galisteu.

Meus alunos enviaram algumas capas de revista de celebridades com Adriane Galisteu, com a seguinte proposta: que tipo de mulher a apresentadora representa etc. Esse é um trabalho diário nas minhas disciplinas de redação publicitária que compartilho agora no meu blog.

Um traço marcante na trajetoria de Adriane é a capacidade de ter virado o próprio jogo. Seu nome surge num evento traumático, de comoção mundial (morte do piloto Airton Senna), em que foi execrada em praça pública, mas deu a volta por cima. Construiu uma carreira como apresentadora e nunca mais saiu da mídia. Outro traço de Adriane é a capacidade de não comprar briga, saber quando recuar,não alimentar polêmicas. Foi assim com a Rede TV, com a Xuxa, com a família Senna. O público se projeta neste tipo de celebridade. "Se ela conseguiu (emagrecer, ficar rica) eu também posso" - é o pensamento dominante.

A mídia, no entanto, começa a cobrar de Adriane responsabilidade social, compromisso ambiental, um discurso mais coerente e consistente, menos frases saídas do piloto automático ("oportunidade é diferente de oportunismo", "no fundo do meu poço tem mola", " Airton Senna não conheceu a Disney por isso eu não penso duas vezes antes de gastar", "meu dinheiro não salvou a vida do meu irmão"), que ela compartilhe algo de novo.

sábado, 4 de abril de 2009

Nova austeridade?




Depois de décadas de excesso, a grande corrente é a nova austeridade. Um estilo de vida que recupera o conceito de "menos é mais" e o agrega a um consumo consciente. A nova austeridade reflete o pensamento de uma elite de consumidores que demonstra aversão ao exagero, à ostentação e aos signos de status. Hebe Camargo, a maior apresentadora do Brasil (diga-se de passagem), parece ignorar esse novo paradigma mundial e celebra os seus bem vividos 80 anos com a cara dos velhos tempos. Embora pareça paradoxal que Ronaldo tenha sido execrado pelos exageros no seu casamento com Cicarelli num castelo na França,enquanto Hebe celebra de maneira ostensiva os seus múltiplos aniversários. Vale salientar que o público do Fenômeno, embaixador da ONU, espera dele uma postura exemplar, discreta, austera. O público da Hebe, no entanto, além de não corresponder a elite que abraça os preceitos da nova austeridade, realiza-se através da apresentadora. Com ela, "os plebeus" divertem-se, esbanjam diamantes, rubis, esmeraldas; levam 80 amigos para a Disney; falam o que querem e pensam depois; numa processo de empatia televisiva que dura anos a serviço de uma catarse popular. A Hebe, personagem histriônico, figura piotoresca, quase alegórica, também (por motivos outros) está a serviço da outra elite que se diverte com ela.